• Clínica Larc

Boas noites de sono são fundamentais também para saúde ortopédica



Além da adaptação aos protocolos sanitários, a pandemia provocada pelo coronavírus também refletiu na qualidade do sono de pelo menos 50% dos brasileiros, segundo dados do Instituto do Sono, e os prejuízos causados por noites mal dormidas também podem afetar a saúde ortopédica, foi o que comprovou uma pesquisa da Sociedade Endócrina dos Estados Unidos.


De acordo com esse estudo, há redução dos níveis de um marcador da formação óssea no sangue, após três semanas sem dormir direito. Isso faz com que haja uma perda óssea, tendo a chance do desenvolvimento da osteoporose e possíveis fraturas.


“Dormir de 6 a 8 horas por noite, diariamente é uma questão que precisa ser reforçada com os pacientes, pois garante benefícios para a saúde musculoesquelética que vão desde o reparo dos tecidos celulares, prevenção da obesidade, reposição das energias, regulação do metabolismo e fortalecimento do sistema imunológico, sendo esse último um fator determinante para a prevenção de doenças.


Dito isto, confira algumas dicas do especialista para uma boa noite de sono:


- Crie um ambiente adequado para este momento - Deixe o quarto escuro e silencioso. Tenha uma cama, travesseiro e roupas confortáveis;


- Pelo menos três horas antes de dormir evite ingerir alimentos pesados, como carboidratos e bebidas estimulantes, tipo as que possuem cafeína em sua fórmula;


- Tenha moderação no consumo de bebidas alcoólicas, principalmente próximo da hora de dormir, já que elas podem deixar sono superficial e instável;


- Não realize atividades estimulantes perto da hora de descansar. Evite exercícios intensos, e nada de ficar conectado à televisão, celular ou computador;


Caso nenhuma dessas dicas funcionem e as noites de sono se tornem um problema, o recomendado é procurar a ajuda de um especialista para uma avaliação adequada do possível motivo. Faça isso e sua saúde vai agradecer.


Dr. Layron Alves é médico ortopedista e especialista em ombro e cotovelo e sócio na Clínica LARC.



2 visualizações0 comentário